Literacia em saúde na III Feira Social IN

A Associação Amato Lusitano, no âmbito do seu projeto CLDS (Contrato Local de Desenvolvimento Social – 3ª Geração) promoveu nos  dias 19,20,21 e 22 de abril de 2018 a 3ª edição da Feira Social IN.

O evento pretendeu promover, dinamizar, fortalecer e qualificar o sector da Economia Social Regional. Foi um evento multidisciplinar que pretendeu mostrar e estimular o potencial do sector da economia social, tendo marcado presença 47 instituições locais.

A Unidade de Cuidados na Comunidade de Castelo Branco (UCCCB) pertencente à Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, esteve presente no evento com um atelier na área da saúde. Durante os quatro dias do evento, estiveram presentes trezentos e oitenta cidadãos no atelier da UCCCB. Os  colaboradores da nossa Unidade promoveram a integração dos cuidados de saúde, colocando o cidadão e o seu percurso de vida no centro do sistema:

A literacia em saúde traduz a capacidade de usar as competências de aceder, compreender e avaliar a informação em saúde, aplicando‐as no dia‐a‐dia para a tomada de decisão em diferentes contextos, tendo em conta as escolhas possíveis. Inclui, também, a capacidade de participar na defesa e na governança para a saúde. Sendo um direito dos cidadãos, a literacia em saúde tem, também, um forte impacte económico.

O investimento em literacia em saúde requer abordagens compreensivas (holísticas), incluindo a utilização de uma linguagem clara que torne acessíveis as mensagens a todos que favoreça uma maior capacidade para lidar com a doença, para a utilização dos serviços de saúde de forma adequada e para melhor compreender e controlar as situações da vida.

A literacia em saúde não tem em vista apenas o evitar a utilização inadequada dos serviços de saúde ou o aumento do conhecimento e da capacidade de autogestão da saúde e da doença; refere‐se também ao sentimento de competência e liberdade para participar em debates e tomar decisões a diferentes níveis. LOUREIRO, I. (2015) A literacia em saúde, as políticas e a participação do cidadão. Revista Portuguesa de Saúde Pública. Disponível em:http://www.elsevier.pt/pt/revistas/revista-portuguesa-saude-publica-323/artigo/a-literacia-em-saude-as-politicas-e-participacao-S0870902515000206

 

Citando Portal SNS “O que diferencia as organizações inteligentes é a forma como fazem a gestão do conhecimento.”

 

 

III Feira Social IN